Edgar Morin: “É preciso ensinar a compreensão humana”

Nos acostumamos a acreditar que pensamento e prática são compartimentos distintos da vida. Quem pensa o mundo não faz o mundo e vice-versa.

Mas, houve um tempo em que os sábios, eventualmente chamados de cientistas ou artistas, circulavam por diversos campos da cultura. Matemática, física, arquitetura, pintura, escultura eram matéria-prima do pensamento e da ação.

A revolução industrial veio derrubar a ideia do saber renascentista e, desde o século 19, a especialização foi ganhando força. Porém, sempre haverá quem nos lembre que a vida é produto de um contexto, de um acúmulo de vivências e ideias.

Pense em um filósofo que pegou em armas contra o nazismo para depois empunhar as ferramentas da retórica contra o stalinismo, que reconhece a importância dos saberes dos povos originais sem abrir mão de pensar e repensar a educação formal.

Leer Más




A forma como você descreve os outros diz muito sobre você

 

 

 

 

 

 

A forma como você descreve os outros o define. A forma como você coloca rótulos, julga e avalia quem o rodeia deixa entrever parte da sua personalidade. São pinceladas sutis, mas nem sempre evidentes da sua identidade e, inclusive, da sua autoestima. Isso é algo que nós vemos diariamente e também sofremos quando os outros nos atribuem características que não têm nada a ver conosco.

Leer Más






4 dicas para conviver com quem tem borderline

 

 

 

 

 

Por Dr Ivan Mario Braun

O transtorno de personalidade borderline (TBP) se caracteriza por um padrão de instabilidade generalizada nas relações interpessoais, na auto-imagem e na afetividade da pessoa e uma acentuada impulsividade. Para que, em psiquiatria, alguém seja diagnosticado com este transtorno, requer-se a presença de uma série de comportamentos; pelos critérios da Associação Psiquiátrica Americana, pelo menos cinco dos seguintes (1):

Leer Más