Los abrazos activan la química cerebral del bienestar, la calma y la alegría, a corto y largo plazo

Los niños “tocan base” cuando están corriendo alegremente y, de repente, se sientan en el regazo de mamá o de papá, se apoyan en ellos o buscan algún tipo de contacto. Esta actitud puede durar segundos, o apenas unos minutos. Enseguida vuelven a sus juegos. Esto se llama “reabastecimiento emocional” y sirve para crear un precioso equilibrio químico en sus cerebros. Si tu hija o hijo se comporta así contigo, te hace un gran cumplido: te considera una fuente natural de opioides cerebrales.

Tanto nuestro cuerpo como nuestro cerebro secretan hormonas, poderosas sustancias químicas que nos pueden hacer sentir muy bien o muy mal. Normalmente, pensamos en las hormonas solo en relación con nuestra sexualidad, pero existen muchos tipos que nos afectan de muchas maneras en nuestros sentimientos, percepciones y comportamientos.
. Leer Más



Quanto pior tratamos uma criança, pior ela pensa que é. Ela não consegue parar de amar seus pais, ela deixa de amar a si mesma.


Castigo para pensar nem pensar!

Pense bem antes de mandar seu filho pensar sobre um erro que ele cometeu. Você acha mesmo que ele está preparado para isso?

Castigo: pena ou puniçao que se inflige a pessoa ou animal.

Pensar: submeter ao processo de raciocínio lógico; ter atividade psíquica consciente e organizada; exercer a capacidade de julgamento, deduçao ou concepçao; refletir sobre, ponderar, pesar.

Então, vamos pensar juntas. Você vê alguma relação possível entre o substantivo o verbo descritos acima pelo dicionário? Enquanto o castigo representa um ato de repreesão, portanto, algo que não é bem-vindo (afinal, ninguém quer ficar de castigo), o pensar indica uma atitude enriquecedora, profunda, madura e reveladora. Não é assim? Mais aí vêm as supernannies (as superbabás que acham que detêm as chaves secretas da educação com seus manuais e decretam “quando seu filho fizer algo errado, coloque-o no cantinho do castigo para pensar.” Ok, pensemos nós que somos adultas:

Leer Más


Should emotions be taught in schools?

Our unresolved, unacknowledged feelings can lead us into anxiety, arguments and worse. Some educators believe it’s time to give our kids emotional instruction along with their ABCs.

Who taught you how to identify and manage your emotions, how to recognize them when they arose and navigate your way through them? For many adults, the answer is: No one. You hacked your way through those confusing thickets on your own. Although navigating our inner landscape was not something that was taught to us in school, it should be, contend a number of researchers. They believe emotional skills should rank as high in importance in children’s educations as math, reading, history and science.

Leer Más