Depressão: como enfrentar o fracasso da Psiquiatria

Pesquisador inglês afirma: disciplina reduziu estigmas de “loucura”, mas passou a tratar angústias comuns ao ser humano com drogas. Seus efeitos são exagerados; os riscos desconhecidos – e surgiu geração de dependentes

MAIS:
Esta é uma versão condensada da entrevista de Nikolas Rose, publicada na revista Interface –Comunicação, Saúde, Educação.O texto completo pode ser lido aqui:

Nikolas Rose é professor de sociologia do Kings College de Londres e pesquisa as mudanças contemporâneas das “ciências da vida”: biomedicina, genômica, neurociências etc. É internacionalmente conhecido como um dos principais estudiosos da obra de Michel Foucault na atualidade. Essa entrevista é baseada em seu último livro, Nosso Futuro Psiquiátrico (Polity Press, 2018), que analisa os efeitos da psiquiatria sobre a sociedade.

Como a psiquiatria atua politicamente em nossa vida diária? Leer Más


Sugar alters brain chemistry after only 12 days

New research in pigs finds that sugar intake alters the reward-processing circuitry of the brain in a similar way to addictive drugs.

Whenever we learn something new or experience something pleasurable, our brain’s reward system becomes activated. With the help of natural brain chemicals, several brain areas communicate with each other to help us learn and repeat behaviors that improve our knowledge and well-being.

Relying heavily on the neurotransmitter dopamine, the reward system helps explain several quintessential human experiences, such as falling in love, sexual pleasure, and enjoying time with friends.

Leer Más


Em vez de reduzir danos, maconha pode piorar vício em cocaína e crack, diz estudo brasileiro

 

Pessoas com dependência em cocaína e crack por vezes associam fumar maconha a uma forma de atenuar a “fissura”, ou ansiedade, por aquelas drogas. Essa associação já foi inclusive endossada no passado por pesquisas científicas e profissionais de saúde como estratégia de redução de danos.

Mas não é o que indicam agora pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em um artigo publicado em dezembro no periódico internacional Drug and Alcohol Dependence.

Acompanhando o histórico de 123 pessoas em etapas de um, três e seis meses — 63 dependentes de cocaína e usuários recreativos de maconha; 24 dependentes de cocaína, apenas; e 36 voluntários saudáveis, sem histórico de uso de drogas, compondo um grupo controle —, os autores afirmam praticamente “descartar” o uso da maconha fumada como estratégia de tratamento para dependentes de cocaína.

Leer Más



Estudo aponta ligação entre comportamentos de adição e antiga infecção retroviral

 

 

 

 

 

 

Uma pesquisa de uma equipe internacional, liderada pelo Departamento de Zoologia da Universidade de Oxford e pela Universidade Nacional de Kapodistrian em Atenas, publicada na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), mostra que um antigo retrovírus, o HK2, é mais freqüentemente encontrado em toxicodependentes e, portanto, é significativamente associado ao vício.

Leer Más


The Real Causes Of Depression Have Been Discovered, And They’re Not What You Think

 

 

 

 

 

 

Across the Western world today, if you are depressed or anxious and you go to your doctor because you just can’t take it any more, you will likely be told a story. It happened to me when I was a teenager in the 1990s. You feel this way, my doctor said, because your brain isn’t working right. It isn’t producing the necessary chemicals. You need to take drugs, and they will fix your broken brain.

Leer Más



A Sleep Scientist on the Vicious Cycle of Insomnia and Sleeping Pills

Maybe you’re one of the estimated 50 to 70 million Americans who suffer from sleep disorders, including insomnia; maybe you’re also among the 4 percent of American adults who rely on prescription medication in order to fall asleep. If so, Matt Walker, a professor of neuroscience and psychology at the University of California, Berkeley, has a bit of bad news for you.

Leer Más


Pesquisa identifica evasão escolar na raiz da violência extrema no Brasil

Dois grupos de jovens de idade semelhante, todos homens, pobres e criados na mesma região. Um grupo vira matador e o outro, trabalhador. Por quê?

O sociólogo Marcos Rolim procurou essa resposta ao investigar a violência extrema, aquela que mata ou fere mesmo quando não há provocação nem reação da vítima. Modalidade que, acredita ele, está em alta no Brasil.

 

Leer Más


Religiousness and spirituality have little influence on drug and alcohol use

Una ridícula generalización !!!! Que será lo que cosieran religiosidad y espiritualidad !!! Cómo tomarán y practicarán las personas observadas … es casi absurdo este tipo de supuestos ya que este es un asunto tan individual que es diferente para cada ser humano …

Faith in a higher power appears to have less of an influence on substance use and abuse than previously believed, according to a new study. Leer Más