This brain balancing act allows consciousness

Two types of thinking have a time-sharing deal going on in your brain.

  • Your DMN and DAT neural networks cooperate by staying out of each other’s way.
  • FMRI scans reveal a surprising temporal dance.
  • When both systems are at the same activity level, boom, you’re unconscious.

While consciousness remains “the hard problem” — as in what exactly is it? Where is it? — a new study published in Science Advances sheds surprising light on how the brain switches us from conscious to unconscious states and vice versa. It has something to do with an imbalance between two neural systems. In fact, consciousness requires that imbalance.

Leer Más


Como a neurociência explica a empatia? Saiba como ela é ativada no cérebro…

Empatia é definida como a capacidade de se colocar no lugar do outro, de perceber o estado ou a condição de outra pessoa e assim desenvolver a habilidade de sentir a mesma emoção. A neurociência tem evidenciado que a empatia é na verdade uma combinação de atos conscientes e inconscientes do cérebro que depende do bom funcionamento de certas regiões para florescer.

O laboratório de neurociência da Universidade do Colorado, em Boulder (EUA) já estudou em qual parte do cérebro essa empatia pode ser gerada e se ela acontece na mesma área em qualquer pessoa.

Leer Más



A neuroanatomia das emoções

Para começar com a descrição da neuroanatomia das emoções, Paul Broca foi responsável por cunhar o termo sistema límbico, usando-o pela primeira vez em 1878. Mas foi só depois, em 1930, que James Papez batizou definitivamente as estruturas envolvidas com o nome de sistema límbico (SL), postulando que o mesmo participa do circuito neural da expressão emocional (Kolb e Whishaw, 2003).

Dessa forma, o sistema límbico corresponde a um conceito funcional no qual estão incluídas várias estruturas e redes neuronais, tendo um papel de destaque no processamento dos aspectos emocionais.

Ao estar envolvido com as manifestações das emoções, o sistema límbico também está relacionado com a motivação. Mais especificamente, está relacionado com a motivação que nos impulsiona a agir, com a aprendizagem e a memória – nós lembramos e aprendemos mais facilmente aquilo que tem um conteúdo emocional mais alto (Cardinali, 2005).

Leer Más


Elétrons e quarks podem ter consciência, diz professor

Para ele, a consciência é a capacidade de experimentar o mundo de alguma forma, e até mesmo as mais simples formas de matéria podem ‘sentir’

A única razão aparente pela qual os seres humanos sabem sobre a existência da consciência (o fenômeno de ter sentimentos e experiências subjetivas) é porque, de fato, temos experiências e sentimentos. Mas, apesar de séculos de estudo, os cientistas ainda não fizeram avanços no entendimento desse fenômeno.

Leer Más


Does Consciousness Pervade the Universe?

Philosopher Philip Goff answers questions about “panpsychism”

One of science’s most challenging problems is a question that can be stated easily: Where does consciousness come from? In his new book Galileo’s Error: Foundations for a New Science of Consciousness,philosopher Philip Goff considers a radical perspective: What if consciousness is not something special that the brain does but is instead a quality inherent to all matter? It is a theory known as “panpsychism,” and Goff guides readers through the history of the idea, answers common objections (such as “That’s just crazy!”) and explains why he believes panpsychism represents the best path forward. He answered questions from Mind Matters editor Gareth Cook.

[An edited transcript of the interview follows.]

Leer Más


Objective reality may not exist, European researchers say

A new experiment shows that two observers can experience divergent realities (if they go subatomic).

  • In 1961, Nobel Prize-winning physicist Eugene Wigner proposted a thought experiment by which the reality of two observers can diverge by measuring a single photon.
  • Researchers recently tested Wigner’s thought experiment and concluded that realities can be made irreconcilable.
  • Do these results put the entire scientific method at risk? Let’s not get ahead of ouselves.

Objective reality cannot be known. It’s the kind of statement you expect to hear from a sophomore postmodernist or nihilists after they’ve torched your car. Not a group of scientists.

Leer Más