The Language You Speak Influences Where Your Attention Goes

 

 

 

 

 

 

Psycholinguistics is a field at the intersection of psychology and linguistics, and one if its recent discoveries is that the languages we speak influence our eye movements. For example, English speakers who hear candle often look at a candy because the two words share their first syllable. Research with speakers of different languages revealed that bilingual speakers not only look at words that share sounds in one language but also at words that share sounds across their two languages. When Russian-English bilinguals hear the English word marker, they also look at a stamp, because the Russian word for stamp is marka.

Leer Más


Why being busy is a modern sickness

 

 

 

 

 

Of all the books from last century we can turn back to for guidance, Alan Watts’s The Wisdom of Insecurity: A Message for an Age of Anxiety is particularly suited for this task. Published in 1951, Watts knew post-World War II America was ramping up at unsustainable social and technological speeds. More people were working more hours while offering more excuses as to why they were never really present—the word «more» being the constant catalyst of inattention and stress. He writes:

Leer Más





Como usar brincadeiras para ensinar habilidades essenciais a crianças, segundo Harvard

Pensar antes de agir, planejar e traçar objetivos, focar a atenção, ser flexível e controlar as emoções são habilidades consideradas essenciais na vida adulta. Em Harvard, o Center on the Developing Child, que estuda desenvolvimento infantil, preparou um guia para ensinar pais, professores e cuidadores a estimular, em crianças de todas as idades, essas que são conhecidas como «habilidades para a vida» (veja o guia completo na segunda parte desta reportagem).

Leer Más



A emoção tem uma influência substancial nos processos cognitivos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A emoção tem uma influência substancial nos processos cognitivos, incluindo percepção, atenção, aprendizado, memória, raciocínio e solução de problemas. A emoção tem uma influência particularmente forte na atenção, especialmente modulando sua seletividade, bem como motivando a ação e o comportamento. Esse controle atencional e executivo está intimamente ligado aos processos de aprendizagem, uma vez que as capacidades atencionais intrinsecamente limitadas estão mais focadas nas informações relevantes. A emoção também facilita a codificação e ajuda a recuperar as informações com eficiência.

La emoción tiene una influencia sustancial en los procesos cognitivos, incluyendo percepción, atención, aprendizaje, memoria, razonamiento y solución de problemas. La emoción tiene una influencia especialmente fuerte en la atención, especialmente modulando su selectividad, así como motivando la acción y el comportamiento. Este control atencional y ejecutivo está estrechamente vinculado a los procesos de aprendizaje, ya que las capacidades atencionais intrínsecamente limitadas están más enfocadas en la información pertinente. La emoción también facilita la codificación y ayuda a recuperar la información con eficiencia.

Referência: Tyng, C. M., Amin, H. U., Saad, M., & Malik, A. S. (2017). The Influences of Emotion on Learning and Memory. Frontiers in psychology, 8, 1454. doi:10.3389/fpsyg.2017.01454 (imagem adaptada de magic pictures/Shutterstock)