How I use art to bridge misunderstanding

Director and playwright Adong Judith creates provocative art that sparks dialogue on issues from LGBTQ rights to war crimes. In this quick but powerful talk, the TED Fellow details her work — including the play “Silent Voices,” which brought victims of the Northern Ugandan war against Joseph Kony’s rebel group together with political, religious and cultural leaders for transformative talks. “Listening to one another will not magically solve all problems,” Judith says. “But it will give a chance to create avenues to start to work together to solve many of humanity’s problems.”

Link Original: https://www.ted.com/talks/adong_judith_how_i_use_art_to_bridge_misunderstanding






Crianças que têm aula de música ampliam suas funções cognitivas para sempre

“A música é capaz de despertar memórias, emoções e sentimentos profundos. Ela penetra tão profundamente em nosso sistema nervoso que é, comumente, a última coisa que perdemos. Quando músicos de jazz tocam de improviso (uma característica frequente desse tipo de música), seus cérebros “desligam” áreas ligadas à autocensura e à inibição e ativam aquelas que deixam fluir a autoexpressão. Ou seja, ao desligarem a inibição, eles davam espaço à criatividade: através da revelação posso conhecer a mim mesmo e ao outro. ”

 

Leer Más