“Meu pai faleceu, perdi o prazo para fazer o inventário e agora estou com dívidas. O que fazer?”

Agradeço por sua pergunta, mas não será tão simples respondê-la, uma vez que precisaria de mais informações sobre o caso, porém tentarei indicar o melhor caminho com base nas informações fornecidas por você.

A perda de um familiar representa um momento difícil emocionalmente para os herdeiros, porém mesmo no período de luto as questões burocráticas não podem ser deixadas de lado.
Quando uma pessoa morre e deixa bens e/ou dívidas, é necessário abrir um inventário para declarar essa herança ao estado e torná-la pública. Leer Más


Jovens aceitam ganhar menos em troca de horários flexíveis no trabalho

Home office, flexibilidade de horários e mais tempo para a família. Mais que salários altos ou cargos importantes, os jovens no mercado de trabalho buscam equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. O novo modelo, segundo reportagem do New York Times, pode trazer repercussões positivas para todos os funcionários das empresas.

Apple, Walmart e Salesforce são exemplos de grandes corporações que já buscam maneiras de ajudar seus funcionários na busca por esse equilíbrio — e atrair assim os melhores talentos.

Os jovens provaram que não é preciso estar no escritório das 9h às 17h para ser um funcionário eficiente,” diz Ana Recio, vice-presidente executiva da recrutamento global da Salesforce.

Leer Más


Maconha vicia e gera prejuízos permanentes no cérebro, diz novo estudo

Já faz um certo tempo que é considerada a ideia de que as pessoas que ocasionalmente fumam maconha podem, em breve, se tornarem viciadas.

Agora, os cientistas afirmam ter chegado ao real motivo dessa questão. Segundo eles, a Cannabis sativa, a longo prazo, perturba determinados circuitos cerebrais, desencadeando desejos e dependências.

Essa constatação foi feita a partir de um estudo que mostrou que parte do cérebro associada a recompensa, acendeu-se quando pessoas olhavam para imagens da droga ou itens associados.

Leer Más



GRIOTS: OS CONTADORES DE HISTÓRIAS DA ÁFRICA ANTIGA

Contadores de histórias, mensageiros oficiais, guardiões de tradições milenares: todos esses termos caracterizam o papel dos Griots, que na África Antiga eram responsáveis por firmar transações comerciais entre os impérios e comunidades e passar aos jovens ensinamentos culturais, sendo hoje em dia a prova viva da força da tradição oral entre os povos africanos.

Utilizando instrumentos musicais como o Agogô e o Akoting (semelhante ao banjo), os griots e griottes estavam presentes em inúmeros povos, da África do Sul à Subsaariana, transitando entre os territórios para firmar tratados comerciais por meio da fala e também ensinando às crianças de seu povo o uso de plantas medicinais, os cantos e danças tradicionais e as histórias ancestrais.

Leer Más



Como usar brincadeiras para ensinar habilidades essenciais a crianças, segundo Harvard

Como usar brincadeiras para ensinar habilidades essenciais a crianças, segundo Harvard

Getty Images
Aprender a cooperar é um importante passo para crianças pequenas

Como usar brincadeiras para ensinar habilidades essenciais a crianças, segundo Harvard

Pensar antes de agir, planejar e traçar objetivos, focar a atenção, ser flexível e controlar as emoções são habilidades consideradas essenciais na vida adulta. Em Harvard, o Center on the Developing Child, que estuda desenvolvimento infantil, preparou um guia para ensinar pais, professores e cuidadores a estimular, em crianças de todas as idades, essas que são conhecidas como “habilidades para a vida” (veja o guia completo na segunda parte desta reportagem).

“São importantes para qualquer emprego, para buscar objetivos, para ser pai e mãe ou para cumprir múltiplas tarefas simultaneamente, por exemplo”, diz à BBC Brasil o médico Jack Shonkoff, diretor do centro de Harvard.

Leer Más