“Um dos erros mais graves do homem, aquele que deve ser constantemente lembrado, é a ilusão em relação ao seu “Eu”.

“O homem tal qual o conhecemos, o homem-máquina, o homem que não pode “fazer”, o homem a quem e através de quem “tudo acontece” , não pode ter um “Eu” permanente e único. Seu “eu” muda tão depressa quanto seus pensamentos, seus sentimentos, seus humores e ele comete um erro profundo quando se considera sempre uma só e mesma pessoa; em realidade, é sempre uma pessoa diferente, nunca é aquela do momento anterior.”

~ George Gurdjieff

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s