Até o momento, os neurocientistas conheciam três maneiras de os neurônios “conversarem” entre si no cérebro:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Até o momento, os neurocientistas conheciam três maneiras de os neurônios “conversarem” entre si no cérebro: via transmissão sináptica, transmissão axonal e através das chamadas “gap junctions” (junções comunicantes) entre os neurônios.

Poucos meses atrás, pesquisadores de engenharia biomédica da Universidade Case Western Reserve identificaram uma nova forma de comunicação neural. 🧠📣Quando muitos neurônios disparam juntos, já era sabido que eles geram campos elétricos fracos passíveis de registro no eletroencefalograma (EEG). Apesar disso, tais campos eram considerados discretos demais para contribuírem com a atividade neural. Os novos experimentos mostram que esses campos não apenas excitam as células, mas também são capazes de produzir uma onda de atividade autopropagável, inclusive “saltando” áreas danificadas do cérebro. 😮📈

Link Original:Chiang, C., Shivacharan, R. S., Wei, X., Gonzalez‐Reyes, L. E. and Durand, D. M. (2019), Slow periodic activity in the longitudinal hippocampal slice can self‐propagate non‐synaptically by a mechanism consistent with ephaptic coupling. J Physiol, 597: 249-269. doi:10.1113/JP276904 (imagem adaptada de Shutterstock)

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s